con_riojaneiro
Consulado General de Venezuela en Río de Janeiro - Brasil
DECLARAÇÃO ESPECIAL DOS PAÍSES DA ALBA-TCP DIANTE DA CRISE HUMANITÁRIA NO MEDITERRÂNEO. PDF Imprimir E-mail
Escrito por Prensa Consulado   
Qua, 12 de Agosto de 2015 18:34

Caracas, 10 de agosto de 2015.

IV REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO POLÍTICO DA ALBA-TCP

Os Ministros de Relações Exteriores do Conselho Político da ALBA-TCP diante a terrível situação humanitária que acontece no Mar Mediterrâneo declaram que:

  1. 1.A principal causa das tragédias humanitárias, a qual tornou o Mar Mediterrâneo em um imenso túmulo, é o modelo capitalista colonial e neocolonial, que torna em subdesenvolvidos os povos da África e Ásia e destrói seus modelos produtivos, colocando-os à serviço das metrópoles ocidentais. No ano de 2015, mais de 2.000 pessoas perderam a vida ao fugir das péssimas condições de vida e desestabilização na África e Ásia.
  2. 2.As metrópoles imperiais europeias que bloqueavam negativamente a África, debilitaram suas economias, gerando emergências humanitárias na maioria dos seus países e atiram cada tentativa de decolagem da economia em beneficio dos povos africanos.
  3. 3.Ocidente emprega a violência terrorista para derrotar governos legítimos, visto que não aplicam seus modelos de exploração capitalista nem satisfazem os interesses vorazes.
  4. 4.A violência propagada nos países da África, Afeganistão, Síria, Iraque e Meio Oriente por meio da ação impune dos grupos terroristas que tem tornado grande regiões em um estado de violência extrema, causando um sofrimento profundo nos povos dessas regiões, sob o auspicio e mirada cumplice do Ocidente.
  5. 5.Trás as consequências negativas do antigo colonialismo e neocolonialismo, somam-se os processos de desestabilização da região. A desmembração de Líbia no ano de 2011 foi o maior exemplo dessas ações. A derrocada ilegítima de seu governo, contrariando toda a base jurídica internacional, provocou o deslocamento de milhares de cidadãos, arriscando suas vidas na tentativa de cruzar o Mar Mediterrâneo para escapar do terrorismo violento e as carências provocadas pelo Ocidente.
  6. 6.Ocidente pretende derrubar o Governo constitucional e legitimo de Síria por meio do terrorismo violento e desequilíbrio na região.
  7. 7.Advertimos que a nova aventura imperial aumentará a atual tragédia em milhões e tornará a Europa no foco principal das terríveis consequências humanas, derivadas dessa ação e contra os princípios essenciais do Direito Internacional. Atualmente, aproximadamente 200 mil pessoas da África e Ásia arriscariam suas vidas no Mediterrâneo para chegar a qualquer país da Europa.
  8. 8.Apelamos para que Europa acorde e responda imediatamente, com sensibilidade e justiça e aceite sua responsabilidade histórica, a qual ultrapassa os limites da tragédia humana.
  9. 9.Os países da ALBA-TCP fazem um chamado para que todos os governos e povos do mundo elaborem um Plano de Solidariedade para aqueles povos que sofrem hoje com as consequências do terrorismo internacional. Que 20% do gasto bélico mundial sejam investidos em saúde, educação, alimentação, moradia e direitos humanos para milhões de cidadãos assolados pelo terrorismo, o qual é promovido e apoiado pelo Ocidente.
  10. 10.Outrossim, expressamos nossa profunda preocupação pelas atuais deportações e deslocamentos forçados dos cidadãos dominicanos, de origem haitiano e, reafirmamos os direitos humanos fundamentais de todos aqueles que estejam sendo deslocados e fazemos um apelo para alcançar uma resolução justa e pacifica diante desta crise no marco do direito internacional.
Última atualização em Qua, 12 de Agosto de 2015 18:40
Leia mais...
 

Informação de Contato

Praia de Botafogo, 242/5º andar. Botafogo. Rio de Janeiro. RJ

22250-145  Brasil

Telefonesmapaicono

(+5521) - 2554-5955 / 2554-6134

Fax

(+5521) - 2553-8118

E-mail

conve.brrio@mppre.gob.ve

Horário:

Segunda-feira a Sexta-feira de 09:00 am até 1:00 pm

Otras Noticias

TRAMITES
gobierno-en-linea
bot mensaje chavez
venezuelachevere