con_riojaneiro
Consulado General en Río de Janeiro - Brasil
Venezuela rechaza categóricamente Informe sobre DDHH 2016 del Departamento de Estado de EEUU PDF Imprimir E-mail
Escrito por CGRBVRJ   
Ter, 07 de Março de 2017 15:53
There are no translations available.

ESCUDO DE VENEZUELA

REPÚBLICA BOLIVARIANA DE VENEZUELA
MINISTERIO DEL PODER POPULAR
PARA RELACIONES EXTERIORES

COMUNICADO

La República Bolivariana de Venezuela rechaza y se opone categóricamente al Informe sobre Derechos Humanos 2016, elaborado y difundido por el Departamento de Estado de Estados Unidos de Norteamérica (EEUU), que violenta la igualdad jurídica y el respeto soberano entre Estados, la no intervención en los asuntos internos, el Derecho de los derechos humanos y el principio de buena fe que debe privar entre las Naciones.

El Departamento de Estado estadounidense se subroga ilegalmente, en su afán de actuación extraterritorial e imperialista, competencias internacionales para evaluar el estado de los derechos humanos en casi todos los países del mundo, mediante un descarado doble estándar y uso político de los derechos humanos, que pretende trasladar al jardín de sus vecinos lo que no logra corregir en el propio, o peor, aún, que prefiere deliberadamente ocultar con la complicidad de la maquinaria mediática mundial.

Última atualização em Ter, 07 de Março de 2017 15:56
Leia mais...
 
CARTA PÚBLICA AO DEPARTAMENTO DO TESOURO DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA PDF Imprimir E-mail
Escrito por CGRBVRJ   
Qui, 02 de Março de 2017 12:35
There are no translations available.

ESCUDO DE VENEZUELA

CARTA PÚBLICA AO DEPARTAMENTO DO TESOURO DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
Mr. Steven-Mnuchin
Seu Despacho.-
Como cidadão venezuelano, e como vice-presidente da República Bolivariana da Venezuela, dirijo-me ao senhor para responder à emissão de ações contra a minha pessoa, datadas de 13 de fevereiro passado, adotadas a partir do Escritório de Controle de Ativos Estrangeiros (OFAC) do Departamento de Tesouro dos Estados Unidos da América.
Em primeiro lugar, como uma autoridade do OFAC, o senhor foi enganado por setores políticos, lobistas e grupos de interesse nos EUA cujo principal interesse é evitar que os Estados Unidos e a Venezuela reconstruam suas relações políticas e diplomáticas com base no reconhecimento e respeito mútuo.
Estes grupos de interesse não apenas carecem de provas para validar as gravíssimas acusações que me foram imputadas, mas, ao contrário, construíram um caso falso positivo para criminalizar - através da minha pessoa - o Governo da República Bolivariana da Venezuela, nação que encara e luta de maneira transparente contra o narcotráfico transnacional.

Última atualização em Qui, 02 de Março de 2017 12:36
Leia mais...
 
FUNCIONAMIENTO DEL CONSULADO DURANTE EL CARNAVAL EN RÍO DE JANEIRO PDF Imprimir E-mail
Escrito por CGRBVRJ   
Qua, 08 de Fevereiro de 2017 08:15
There are no translations available.

ESCUDO DE VENEZUELA

EL CONSULADO GENERAL DE LA REPÚBLICA BOLIVARIANA DE VENEZUELA EN RIO DE JANEIRO INFORMA AL PÚBLICO QUE ESTAREMOS CERRADOS durante el lapso comprendido entre el 27, 28 de febrero y 01 de marzo de 2017(CARNAVAL). 

Última atualização em Qua, 08 de Fevereiro de 2017 09:07
 
Venezuela expresa condolencias por fallecimiento de Doña Marisa Rocco, esposa del expresidente Luiz Inácio Lula da Silva PDF Imprimir E-mail
Escrito por CGRBVRJ   
Sex, 03 de Fevereiro de 2017 10:46
There are no translations available.

Escudo Nacional

REPÚBLICA BOLIVARIANA DE VENEZUELA
MINISTERIO DEL PODER POPULAR
PARA RELACIONES EXTERIORES

COMUNICADO

El Presidente de la República Bolivariana de Venezuela, Nicolás Maduro Moros, en nombre del Gobierno Bolivariano y del Pueblo venezolano, expresa sus condolencias al Ex Presidente de la República Federativa de Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, y a sus hijos Marcos Claudio, Fabio Luis, Sandro Luis y Luis Claudio, con motivo del sensible fallecimiento de Doña Marisa Letícia Rocco, esposa y compañera de lucha del compañero Lula.

Venezuela y los pueblos de la Patria Grande recordaremos a Doña Marisa como una exponente y defensora de las causas justas del pueblo brasileño, y por su activa y determinante participación en las luchas políticas, fundadora junto a su esposo del Partido de los Trabajadores. De sus manos creadoras nació la Bandera del Partido de los Trabajadores. Su ejemplo digno permanecerá en nuestros corazones y servirá de guía para las mujeres luchadoras con un sentido de humanidad a favor de los pueblos.

La República Bolivariana de Venezuela ratifica su solidaridad con el pueblo de Brasil y con el Ex Presidente Lula da Silva, afectado por tan sensible pérdida, y hace llegar igualmente sus palabras de pesar a sus hijos, familiares y amigos de la compañera Doña Marisa.

Caracas, 2 de febrero de 2017

Última atualização em Sex, 03 de Fevereiro de 2017 10:53
 
Venezuela no exercício da Presidência Pro-Tempore denuncia intenção de sua suspensão do MERCOSUL PDF Imprimir E-mail
Escrito por Jessica Rodríguez García   
Seg, 05 de Dezembro de 2016 08:37

COMUNICADO OFICIAL

REPÚBLICA BOLIVARIANA DA VENEZUELA

MINISTÉRIO DO PODER POPULAR

PARA RELAÇÕES EXTERIORES

 

COMUNICADO

 

A República Bolivariana da Venezuela, em pleno exercício da Presidência Pro-Tempore do Mercosul, rechaça e denuncia à comunidade internacional, muito particularmente aos povos que integram o Mercosul, o grave ilícito forjado por quatro chanceleres do bloco, que pretendem impor uma fraudulenta suspensão dos direitos legítimos da Venezuela como Estado Parte mediante falsas suposições pré-concebidas para agredir e atacar continuamente o nosso país.

 

A pretendida sanção não tem sustentação legal válida, carece de expresso procedimento jurídico e de um corpo colegiado competente para decidir. Um grupo de chanceleres confabulados para tramar uma fraude contra a institucionalidade do Mercosul não pode substituir sua legalidade, em franco abuso de poder mediante a invenção de sanções que não existem em nenhuma norma do bloco, ao pior estilo unilateral, autoritário e antidemocrático. Tamanha grosseira e ordinária atuação só encontra explicação no mandato imperial que cumprem os chanceleres contra a Venezuela.

 

Os quatro ministros estão tão conscientes de que a normativa do Mercosul não os autoriza a tomar tamanha importuna decisão que, durante esses meses, tem se valido de uma ou outra desculpa antijurídica para procurar sustentação de seu engano, pelo qual culminaram no absurdo extremo de invocar a Convenção de Viena sobre o Direito dos Tratados, que não se aplica à Venezuela por não ser signatária deste instrumento.

 

Os chanceleres confabulados na verdade mascaram sua profunda intolerância política e ideológica contra a Revolução Bolivariana e seu modelo integracionista e de união. Buscaram        solevantar a opinião pública internacional para causar danos à Venezuela, ainda que às custas de golpear um processo de integração e a própria organização.

 

A Venezuela não apenas cumpriu ostensivamente com o marco normativo do Mercosul incorporado em apenas quatro anos em 95% das normas, como o fez com maior eficiência que o restante dos países que, em 25 anos desde sua fundação, sequer se aproximaram de nossa porcentagem de internalização normativa. Fossem ao menos coerentes com suas próprias mentiras, deveriam primeiro suspender a si mesmos, dado seu extravagante e escandaloso atraso na incorporação das normas.

 

A República Bolivariana da Venezuela rechaça e denuncia este ato arbitrário e fraudulento que constitui uma grave infração internacional. A Venezuela segue e seguirá exercendo todos os seus direitos como Estado Parte do Mercosul pelo mandato da lei e exige dos quatro governos que deixem de eludir aos procedimentos legais e se recordem do cumprimento do mecanismo de Negociações Diretas contemplado no Tratado de Olivos para a Solução de Controvérsias como mecanismo de diálogo e negociação política.

 

Aos governos que assumem a ilegalidade e intolerância como conduta, dizemos que a verdade se imporá e a história será mais uma vez testemunha de sua derrota.

 

Aos povos do Sul, manifestamos nosso compromisso com uma maior integração, com o respeito à consolidação do Mercosul e os chamamos a manterem-se alertas diante deste novo ataque contra o espírito bolivariano.

 

 

 

“Certamente a união é o que nos falta para completar a obra de nossa regeneração”.

Simón Bolívar

 

Caracas, 3 de dezembro de 2016

Última atualização em Seg, 05 de Dezembro de 2016 08:40
Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 20

Otras Noticias

TRAMITES
gobierno-en-linea
bot mensaje chavez
RIO2016
venezuelachevere